São Paulo não perde tempo e confirma que vai vender jogadores

Após a conquista inédita da Copa do Brasil, a direção do São Paulo já começa a se planejar para a próxima temporada, na qual o Tricolor disputará a Libertadores da América pela primeira vez desde 2021.

Por conta da valorização de seus atletas após o título, o clube deve conseguir uma boa quantia em dinheiro em caso de vendas expressivas, que, segundo o diretor de futebol. Carlos Belmonte, devem acontecer.

Diversos atletas já receberam propostas neste ano, mas foram recusadas prontamente pelo São Paulo, que visava a manutenção do elenco, acreditando na possibilidade real da conquista de troféus, algo que foi concretizado no último domingo (24), contra o Flamengo.

”A gente sempre tem que contratar e também temos que esperar as saídas. A gente tem que trabalhar sempre com o elenco. O futebol é muito dinâmico, as coisas mudam rapidamente. Esse time que hoje conquistou a Copa do Brasil, eliminou o Palmeiras nas quartas, o Corinthians na semi e o Flamengo agora. Que times mais fortes que esse encontraremos na Libertadores? Mais fortes eu não acredito, mas talvez do mesmo nível”, inicou Belmonte.

”A gente está na briga. Claro que sempre queremos mais. Pensamos em outros jogadores se for o caso. Se tivermos saídas na janela do fim do ano… É com muita calma. Montamos um elenco muito competitivo e o principal é manter isso: jogadores comprometidos com as cores do São Paulo”, completou.

Os nomes mais cotados a saírem do Tricolor são o zagueiro Lucas Beraldo, o lateral-esquerdo Welington e o volante Pablo Maia. Rodrigo Nestor, herói da final, também pode se despedir do Morumbi.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC prioriza permanência de Lucas

Em relação a situação de Lucas Moura, Belmonte foi bem claro na entrevista à ESPN. O clube tem como prioridade máxima a prorrogação do vínculo do meia-atacante, que é válido até dezembro deste ano.

”A gente já vem conversando com o Lucas, conversamos o tempo inteiro com o atleta. O combinado não é caro. O combinado é que ele vai embora em dezembro, mas nós queremos e faremos todo o esforço para que o Lucas fique. Ele é fundamental, assim como os outros atletas, para essa conquista”, comentou.

”O Lucas chegou e em dois dias estava ambientado com o elenco. Faremos todo o esforço possível e tudo o que estiver ao nosso alcance para que o Lucas permaneça. Eu percebo nele o prazer de estar e de voltar ao São Paulo. Agora é trabalhar para que ele continue com a gente”, finalizou.