São Paulo não perde mais tempo e paga a compra de jogador

No início do ano passado, o São Paulo anunciou a contratação do meia Wellington Rato, vindo do Atlético-GO. Apesar da incerteza e dúvidas da torcida, o atleta rapidamente se tornou uma peça importante na equipe. Foi titular tanto com Rogério Ceni quanto sob o comando de Dorival Júnior.

Por sinal, um assunto que incomodava a equipe goiana era o pagamento do jogador. O atleta tinha propostas melhores financeiramente, mas optou por vestir a camisa do Tricolor. Por sinal, o jornalista Alexsander Vieira divulgou que o SPFC realizou o pagamento pela transferência e que agora não deve mais nada ao Atlético.

“[…] O Tricolor pagou a totalidade do valor acordado com o Atlético-GO pela compra de Wellington Rato, no ano passado. A equipe Tricolor adquiriu Wellington Rato por R$ 5 milhões. O clube do Morumbis detém 80% dos direitos do jogador, enquanto o Atlético-GO manteve 20% visando uma venda futura do seu ex-jogador”, divulgou o jornalista.

Rato sofreu uma lesão séria no tornozelo no começo de abril, durante a partida contra o Talleres, em Córdoba, na Argentina, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O Tricolor acabou perdendo o duelo por 2 a 1 e  Rato ainda não voltou. A expectativa é que ele retorne ao time em breve. Segundo Alexsander Vieira, Wellington Rato “já participa de trabalhos no campo acompanhado dos fisioterapeutas do São Paulo e tem animado para seu retorno nas próximas semanas”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Rato teve momento eternizado no SPFC

Apesar de ter sido contratado sob muita desconfiança, Wellington Rato respondeu dentro de campo. Se tornou um símbolo da conquista inédita da Copa do Brasil no ano passado, muito por conta de seu gol na semifinal. Na volta contra o Corinthians, no Morumbis, o meia cortou para o meio e marcou um golaço para abrir o placar, sem chances para o goleiro Cássio. Também deu a assistência para o gol de Lucas, que selou a classificação para a decisão.