São Paulo não deve mais salários e direitos de imagem

Depois de problemas com pagamentos nos últimos anos, o São Paulo finalmente não deve nada a mais nenhum jogador ou funcionário. Isto porque segundo informações do UOL, a diretoria conseguiu quitar as pendências junto ao plantel.

Antes da final da Copa do Brasil, o presidente Julio Casares bateu o martelo e definiu que o dinheiro recebido pela classificação à decisão iria ser usado para quitar os salários e direitos de imagem que estavam atrasados.

Para melhorar ainda mais a situação, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior conquistou o torneio pela primeira vez na história, rendendo um “bicho” aos jogadores como bonificação.

O clube recebeu R$ 30 milhões somente pela classificação à final, valor destinado ao vice-campeão. Como venceu o torneio, embolsou, no total, R$ 70 milhões, valor de suma importância para a estabilidade financeira do SPFC.

O montante foi destinado às pendências salariais com os jogadores. Neste ano, o clube chegou a dever três meses de direitos de imagem atrasados, segundo o UOL. O valor é uma parte do salário total.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Dos R$ 40 milhões que restaram, o Tricolor utilizou uma parte para bonificar os jogadores pela conquista histórica. O UOL não revelou os valores, mas o jornalista Jorge Nicola disse que foi em torno de R$ 28 milhões. 

Pela campanha inteira na Copa do Brasil, o São Paulo embolsou o total de R$ 88,7 milhões.

Tricolor espera virada de chave para 2024

Com o título inédito e a classificação à Libertadores nas mãos, a diretoria do São Paulo espera uma mudança para o ano que vem, a começar pela parte financeira. Os dirigentes não devem mais atrasar pagamentos aos atletas, focando 100% no desempenho e contratação de novos reforços.