São Paulo fica de olho no Pacaembu e quer mandar jogos no estádio

Em participação no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, o presidente do São Paulo, Julio Casares, respondeu diversas perguntas dos jornalistas presentes na bancada. Os assuntos foram variados, como protagonismo do clube, ingressos, final da Copa do Brasil, entre outros.

O jornalista Arnaldo Ribeiro, que é são-paulino declarado, questionou o mandatário em relação a utilização de outros estádios, como o próprio Allianz Parque, quando o Morumbi não estiver disponível.

Casares afirmou que não tem problema nenhum atuar na casa do rival, mas também salientou que existem outros locais que o clube está de olho para mandar suas partidas, como o próprio Pacaembu. Vale lembrar que o clube quer reformar o Morumbi, e para isso teria que atuar em outros estádios.

“Nós jogamos lá e foi tudo bem. Eles jogaram duas vezes no Morumbi. Nós podemos jogar lá de novo. O novo Pacaembu, quero jogar lá também. Eu quero abrir caminhos, gostaria de jogar no Canindé e abrir caminhos, porque se mais tarde eu precisar, ou eu uma reforma, shows, etc, eu vou ter praças. Podemos pensar em jogar em Ribeirão Preto, que tem um grande estádio. Enfim, não é uma questão fechada”, disse o presidente do SPFC.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Novo Pacaembu deve ser inaugurado em janeiro

As obras no estádio já estão em fase final, segundo o ‘GE’. Isto porque já estão reconstruindo as arquibancadas, que ficarão com o mesmo formato da original, já que o local é tombado. O gramado terá grama sintética, e a capacidade total será para 26 mil torcedores.

A previsão de reinauguração do estádio é janeiro de 2024. O plano original que receba a tradicional final da Copinha, no dia 25 de janeiro, data do aniversário da cidade de São Paulo.