São Paulo fecha maior acordo da história com o TJD

Nesta terça-feira (12), o São Paulo fechou um acordo com o  TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) visando a anulação do julgamento de jogadores e dirigentes que foram denunciados no último dia 3, durante confusão após o clássico contra o Palmeiras.

 Foi o maior acordo do tribunal paulista, chegando a R$ 205 mil em multas. A informação foi divulgada pelo portal Globo Esporte.O clube tem, no máximo, cinco dias para efetuar o pagamento à Federação Paulista de Futebol.

Os denunciados pela procuradoria do TJD foram o lateral Rafinha, o meia Welington Rato, o atacante Calleri, o auxiliar Estéphano Kiremitdjian Neto, o presidente Julio Casares, o diretor de futebol Carlos Belmonte e o adjunto Fernando Bracalle Ambrogi (Chapecó). Todos estavam presentes no túnel de acesso ao vestiário da arbitragem após o Choque-Rei.

Os jogadores poderiam arcar com um gancho de até seis partidas, ou seja, estariam fora dos restante do Campeonato Paulista. Os membros da diretoria (Casares e Chapecó) poderiam pegar uma pena de 180 dias.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A situação de Belmonte era diferente, isso porque ele ofendeu Abel Ferreira, atual treinador do Palmeiras. Irritado com a atuação da arbitragem de Mateus Candançan, ele se referiu ao treinador como “português de m***”, algo que poderia aumentar sua pena para 270 dias.

Acordo foi comemorado pelo clube, que não deve perder atletas para o Paulistão

O acordo foi visto como satisfatório pela cúpula são-paulina. Belmonte, Casares e Chapecó pagarão R$ 110 mil de seus bolsos, enquanto o restante, ou seja, a multa da parte dos jogadores, serão depositadas pelo clube.

O São Paulo temia perder os jogadores para a fase final do Campeonato Paulista. O Tricolor chegou às quartas de final, e irá enfrentar o Novorizontino na próxima rodada, marcada para este domingo (17), às 18h, no MorumBis. Com o acordo, Calleri, Rafinha e Rato podem jogar, caso o primeiro e o último se recuperem de lesões.