São Paulo fecha a contratação de atacante do Boston City

Visando aumentar seu poder de fogo no ataque, o São Paulo chegou a um acordo pela negociação do atacante Cauã Lucas, de 19 anos. O atleta pertence ao Boston City, e chega por empréstimo de uma temporada com opção de compra fixa após o final do período.

Logo, o jogador fará parte, por enquanto, do time sub-20 das categorias de base de Cotia. Ele será jogador do Tricolor até o dia 31 de janeiro de 2025, incluindo a opção de compra de 60% de seus direitos econômicos. Segundo o portal Globo Esporte, os valores da transação não foram divulgados até o momento.

Lucas Góes, atual gerente de futebol do Boston City, destacou que o SPFC estava interessado há um tempo no jogador, e que a proposta apresentada, junto ao projeto do clube, acabaram sendo fundamentais para a negociação.

“Cauã Lucas teve uma performance muito boa na Europa, mas o Karvina não opcionou a compra e prontamente outros clubes estiveram interessados nele desde dezembro. A proposta do São Paulo saiu na frente por conta do projeto apresentado, iniciou.

O dirigente destacou a história do São Paulo com a base de Cotia, que se tornou um trunfo para o presente e futuro do clube. O SPFC ficou conhecido por criar e formar diversos craques não só para o futebol brasileiro, mas também nos clubes da primeira prateleira da Europa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Sabemos da história que Cotia tem e da reestruturação que o São Paulo vem passando e o clube nos apresentou um projeto de parceria duradoura junto com o Boston nos próximos anos. É um lugar onde ele pode ser bem desenvolvido, mas também abrir portas para o Boston City e para outros atletas também para mostrar nosso DNA formador”, finalizou Lucas.

Cauã defendeu o MFK Karviná, da República Tcheca, por empréstimo, clube o qual atuou em 12 ocasiões e marcou três gols pela categoria sub-19. As boas atuações no Velho Continente chamaram a atenção de diversas equipes (nacionais e internacionais), como por exemplo, o próprio Internacional, após o Coffee Tournament 2023.