São Paulo faz jogada de gênio e fica próximo de faturar R$ 250 milhões

Com o fim da temporada de 2023, o São Paulo tratou de apresentar excelentes novidades para o seu torcedor. Além das contratações já confirmadas de Erick, destaque do Ceará, Luiz Gustavo, volante com passagem pelo Bayern de Munique, e Damián Bobadilla, joia do futebol paraguaio, o clube também tem trabalhado no quesito finanças.

Buscando melhorar a vida financeira são-paulina, o presidente Julio Casares, reeleito para os próximos três anos, tem dois importantes acordos costurados para 2024. O primeiro deles é com relação ao patrocínio máster, com o clube recebendo uma robusta proposta da casa de apostas europeia Superbet para substituir a SportsBet.io.

No negócio, que terá validade até o fim de 2026, o São Paulo embolsará R$ 52 milhões por temporada e terá um dos maiores patrocínios do futebol brasileiro. As novidades, no entanto, não param por aí. No início desta semana, o Tricolor também encaminhou a venda de naming righs do Morumbi para a Mondelēz, dona do chocolate Bis.

Na operação, inicialmente divulgada pelo repórter Gabriel Sá, o clube receberá mais R$ 30 milhões anuais. Assim, o São Paulo aculmulará R$ 82 milhões por ano e chegará ao incrível número de R$ 246 milhões até dezembro de 2026.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira os maiores patrocínios másters do Brasil

  1. Palmeiras – Crefisa – R$ 81 milhões por ano
  2. Flamengo – BRB – R$ 44 milhões (proposta de R$ 85 milhões da Pixbet)
  3. Botafogo – Parimatch – R$ 27,5 milhões
  4. Cruzeiro – Betfair – R$ 25 milhões
  5. São Paulo – SportsBet.io – R$ 24 milhões (proposta de R$ 52 milhões da Superbet)
  6. Santos – Blaze – R$ 22,5 milhões
  7. Vasco – Pixbet – R$ 22 milhões
  8. Corinthians – Neo Química – R$ 20 milhões
  9. Fluminense – Betano – R$ 20 milhões
  10. Bahia – Esportes da Sorte – R$ 19 milhões

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.