São Paulo faz anúncio oficial e deixa jogadores mais confiantes

O São Paulo já deu a largada para o início da temporada de 2024. O Tricolor espera repetir o feito do ano passado e levantar alguma taça de importância nacional ou internacional. O principal objetivo do clube é conquistar o tetracampeonato da Libertadores da América.

A missão não será fácil, uma vez que como todos sabem, o calendário brasileiro não perdoa, é sempre motivo de discussão entre jogadores, treinadores e jornalistas.

Em 2023, o Tricolor acabou perdendo alguns jogadores por lesão, algo de fato muito prejudicial. Giuliano Galoppo e Nahuel Ferraresi, por exemplo, ficaram de fora durante toda a temporada por conta de uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho.

Welington, Talles Costa e até Jonathan Calleri também tiveram que passar por procedimentos cirúrgicos. Mas tudo isso não foi em vão, já que o SPFC foi atrás de uma parceria importante.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Alexandre Zanquetta, o Tricolor fechou um acordo com a AlignMed, empresa que possui um produto destaque no âmbito de exoesqueletos, que otimiza a performance em campo, prevenção e recuperação de lesões. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

‘NeuroBands e Evidence Based Apparel são uma terapia vestível para retreinar os músculos e melhorar o tônus ​​muscular, o desempenho, a postura, o equilíbrio e reduzir a dor. O toque terapêutico e as tensões das NeuroBands têm como alvo grupos musculares específicos, em uma sequência cinética para influenciar o sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) e seu papel essencial no movimento, prevenção de lesões e recuperação de lesões”, diz.

Ainda segundo Zanquetta, do Blog do São Paulo, o acordo é com base em uma permuta para os atletas utilizarem os produtos. Será uma grande novidade para o elenco, que certamente se sentirá mais confiante dentro das quatro linhas.

“Informação do Blog: Acordo da tecnologia da empresa em permuta com a marca para utilização e uso nos atletas visando excelência. Negociado e trazido pelo DEM (Departamento de Excelência Médica) visando essa nova alternativa tecnológica e de otimização”, disse Zanquetta.