São Paulo “errou” de atacante e perdeu de contratar 2º jogador mais rápido do mundo

O São Paulo se movimentou na última janela de transferências e trouxe nomes importantes para o elenco. O Tricolor visa a conquista da Libertadores da América pela quarta vez em sua história, e para isso, ter um leque de opções é de suma importância.

Um dos contratados foi o atacante Erick, do Ceará. Ele desembarcou no MorumBis a custo zero, uma vez que seu contrato com o Ceará estava se encerrando. Ele vem entrando bem nas partidas, mas ainda não se tornou titular absoluto.

Entretanto, a torcida “brincou” nas redes sociais após um relatório da Catapult, empresa australiana que oferece dispositivos de monitoramento de jogadores. Isso porque Saulo Mineiro, também do Ceará, se tornou o segundo atleta mais rápido do futebol mundial.

Ele superou nomes como Bruno Henrique, Kylian Mbappé, Gareth Bale e Endrick.

O jogador chegou a 39,03 km/h na partida de ida da final do Campeonato Cearense. O único que está à sua frente é o zagueiro holandês Sven Botman, do Newcastle, da Inglaterra, que alcançou 39,21 km/h.  A empresa garante que “os dados são consistentes, são reais e não houve ruído do sinal fornecido”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em entrevista ao Globo Esporte, Lucas Itaberaba, preparador físico do Ceará, comentou sobre a marca alcançada pelo jogador recentemente. Ele comentou que a preparação e as atividades realizadas no cristiano são de extrema importância para atingir resultados como esse.

“É uma metodologia totalmente focada para a gente conseguir essas velocidades determinantes, bem próxima à velocidade máxima dos atletas. Tem exercícios bem minunciosos, começando com fortalecimento do pé, passando por treinamento de força específico até chegar às velocidades máximas. São importantes do ponto de vista de performance e prevenções de lesões. Aqui no Ceará, estamos chegando à maturidade nesse ponto, e a marca do Saulo é bem expressiva”, disse.