São Paulo encerra leilão e fatura valor surpreendente

Buscando ultrapassar a pior crise financeira de sua quase centenária história, o São Paulo tem optado por apresentar grandes novidades ao seu apaixonado torcedor nos últimos meses. Uma das principais delas foi a venda dos naming rights do Estádio do Morumbi para a Mondelez, conglomerado norte-americano de alimentos.

O acordo, avaliado em R$ 75 milhões, renderá R$ 25 milhões aos combalidos cofres são-paulinos por temporada. Para além disso, a novidade ainda trouxe mais R$ 450,2 mil após um leilão das letras da antiga fachada do Estádio, com o nome ‘São Paulo Futebol Clube’. Teve até outro patrocinador colocando a mão no bolso.

Nas redes sociais, a SuperBet, nova patrocinadora master do Tricolor, revelou que comprou a letra S. Segundo informações do portal ‘Avante Meu Tricolor’, a empresa pagou R$ 34,2 mil pela letra, que também está presente em sua inicial. “Adivinha quem arrematamos o S?”, escreveu a SuperBet, rendendo elogios de torcedores.

Além das letras da antiga fachada do agora MorumBIS, o São Paulo também leiloou dois escudos que as acompanhavam. Um foi arrematado por R$ 185,6 mil e o outro valeu R$ 112,4 mil. A comercialização das peças foi promovida pela Sodré Santoro Leilões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Nova fachada ainda aguarda liberação

De acordo com o portal ‘Avante Meu Tricolor’, a nova fachada do MorumBIS ainda não foi instalada por um único motivo: o São Paulo ainda não conseguiu a liberação do Cadastro de Anúncio (Cadan) para fazer a instalação. Este processo tem, inclusive, tirado o sono dos dirigentes.

O novo letreiro tem sido montado dia após dia por funcionários do clube e está apenas à espera da liberação para ser instalado. A nova peça tem os dizeres BIS, em referência ao famoso chocolate produzido pela nova parceira do São Paulo.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.