São Paulo é eleito o 3º maior formador do mundo

O Brasil não é conhecido como o “país do futebol” à toa. Cinco vezes campeão do mundo, a Seleção Brasileira trouxe ao mundo os maiores jogadores da história do esporte, tais como Pelé, Garrincha, Ronaldo Fenômeno, entre muitos outros. 

Apesar de não levantar uma Copa do Mundo desde 2002, o Brasil continua revelando diversos talentos. Por sinal, o país é representado por craques nos maiores clubes da Europa, como Real Madrid, Manchester City, Barcelona,Liverpool, entre outros.

Segundo uma pesquisa realizada pelo portal Transfermarkt, São Paulo foi eleito o terceiro maior “berço de talentos” do mundo todo. Ou seja, foram considerado o valor de mercado dos jogadores criados nas cidades (contando cidades e municípios próximos) nos últimos anos.

São Paulo fechou o pódio com o valor aproximado de R$ 3.39 bilhões em atletas, tendo Neymar como seu maior representante do futebol atual, além de Casemiro, formado nas categorias de base de Cotia. A grande líder é Londres, com valor de R$ 8.72 bilhões. Bukayo Saka, do Arsenal, é considerada a maior estrela da cidade. Tendo Mbappé como principal representante, Paris postula em segundo lugar, com R$ 3.75 bilhões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Autor do gol que deu a Liga dos Campeões ao Manchester City, o volante Rodri é o principal representante de Madri, que ocupa o quarto lugar (R$ 3.26 bilhões). Em quinto lugar está Montevidéu (R$ 3.17 bilhões), com Valverde, do Real Madrid, como sua principal estrela.

O Rio de Janeiro ocupa o sexto lugar na lista, com valor estimado em R$ 2.98 bilhões. Vinicius Júnior, craque do Real Madrid e da Seleção Brasileira, é o representante da. Nascido em território carioca, foi revelado pelas categorias de base do Flamengo.

Maiores “berços” do futebol mundial

  • 1- Londres – R$ 8.72 bilhões
  • 2- Paris – R$ 3.75 bilhões
  • 3- São Paulo – R$ 3.39 bilhões
  • 4 – Madri – R$ 3.26 bilhões
  • 5- Montevideu R$3.17 bilhões
  • 6- Rio de Janeiro – R$ 2.98 bilhões
  • 7- Lisboa – R$ 2.92 bilhões
  • 8- Manchester R$2.37 bilhões
  • 9- Birmingham – R$ 2.1 bilhões
  • 10- Amsterdã – R$ 2 bilhões