São Paulo deve cobrar multa da CBF

De volta à presidência da CBF, Ednaldo Rodrigues pretende anunciar um novo técnico o mais breve possível. O nome preferido do mandatário é Dorival Júnior, do São Paulo. Por sinal, ele já ligou para Julio Casares deixando claro o interesse em tirá-lo do clube para comandar a Seleção Brasileira.

O SPFC liga o sinal de preocupação máxima com a possível perda do treinador, até porque a pré-temporada se inicia nesta sábado (6), e há grandes expectativas em relação a esta temporada. O treinador jamais escondeu o orgulho e satisfação em poder comandar a Amarelinha.

Com contrato com o SPFC até o final da temporada, Dorival Júnior possui uma multa rescisória de três salários, de acordo com informações divulgadas pelo jornalista André Hernan. Ou seja, a CBF terá que pagar cerca de R$ 3,6 milhões (recebe algo em torno de R$ 1,2 milhão por mês).

 Ednaldo ainda vive instabilidade na CBF

O jornalista Daniel Perrone entrou em contato com fontes ligadas ao direito esportivo, que garantiram que a situação de Ednaldo Pereira ainda não está definida dentro da CBF. Uma comissão da Fifa deve desembarcar no Brasil na próxima semana para esclarecer o assunto, já que não permite interferência judicial em confederações de futebol.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além disso, a própria ESPN Brasil publicou que o mandatário pode perder o cargo em caso de decisão das federações. Vale destacar que o São Paulo apoia Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF). Ele deve se candidatar a mandatário da CBF.