São Paulo declara luto oficial de 3 dias

Segundo informações do repórter Gabriel Sá, da Jovem Pan Esportes, o Conselho Deliberativo do São Paulo declarou luto oficial de três dias devido ao falecimento de Angelina Tardio Juvêncio, esposa de Juvenal Juvêncio, ex-presidente do clube. Conselheira do Tricolor, Angelina será velada no Salão Nobre do Estádio do Morumbi.

Viúva desde a morte de Juvenal, em dezembro de 2015, Angelina foi figura importante nos bastidores são-paulinos nos últimos anos. Em 2020, por exemplo, ela declarou apoio de forma pública para Roberto Natel na eleição presidencial. O candidato, porém, acabou derrotado por Julio Casares, atual presidente do São Paulo.

Angelina e Juvenal casaram-se em 1954, quando ela tinha apenas 17 anos e ele, 22. Desde então, ela esteve ao lado do marido ao longo de sua vida política. Advogado formado, Juvenal foi deputado estadual entre 1963 a 1967. No fim da década de 80, tornou-se o 19º presidente da história são-paulina.

Substituindo Carlos Miguel Aidar, o advogado promoveu uma verdadeira revolução ao dispensar ídolos como Waldir Peres, Renato e Zé Sérgio. Em seu primeiro mandato, o clube conquistou o Campeonato Paulista de 1989. Juvenal ainda retornaria para três mandados seguidos entre 2006 e 2014, aí sim conquistando inúmeros títulos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.