São Paulo decide leiloar camiseta e usar renda para algo muito especial

O São Paulo celebrou, na última segunda-feira (12), os 30 anos da conquista do bicampeonato da Copa Intercontinental. Depois de bater o Barcelona de Johan Cruyff em dezembro de 1992, o histórico time comandado por Telê Santana voltaria ao Japão apenas um ano depois para novamente superar um gigante europeu: o Milan.

Com gols de Palhinha, Cereze e Müller, o Tricolor venceu por 3 a 2 e voltou a conquistar o Mundo. Passadas três décadas, o clube celebrará os troféus ao lado de seu apaixonado torcedor neste sábado (16) no Morumbi. Uma série de ídolos são-paulinos enfrentarão um combinado de lendas do clube italiano às 17h30 (de Brasília).

Nomes como Raí, Zetti, Lugano, Cafu, Amoroso e Muller voltarão a vertir a camisa do São Paulo. Do outro lado do campo, Dida, Roque Jr, Panucci, Serginho e Seedorf representarão o Milan. Kaká, ídolo dos dois clubes, atuará um tempo em cada equipe. Mas engana-se quem pensa que o jogo será “apenas” uma celebração.

As camisas utilizadas pelos ex-jogadores no Morumbi serão leiloadas durante a partida, e as verbas arrecadadas serão revertidas para caridade. O leilão das peças erá aberto assim que o jogo começar, e os torcedores terão uma semana para dar os lances através do site ou aplicativo da MatchWornShirt.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ex-São Paulo celebrou encontro de lendas

Atleta do São Paulo entre 1996 e 1999, o ex-lateral Serginho encontrou o auge de sua carreira no Milan. Em nove temporadas na Itália, ele acumulou 25 gols em 280 partidas e conquistou inúmeros títulos, entre eles dois da Liga dos Campeões da Europa. Ele será um dos representantes do clube no ‘Reencontro de Gigantes’.

Em entrevista, Serginho revelou a alegria de encontrar amigos no embate: “Promover um encontro histórico como esse, com grandes atletas de duas equipes tradicionais, é uma celebração ao esporte.Terei a sorte de jogar mais uma vez no Morumbi e entre amigos, tanto dos tempos de São Paulo quanto de Milan”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.