São Paulo bate o martelo e coloca data pra buscar substituto de Carpini

É oficial: a partida entre São Paulo e Cobresal, marcada para esta quarta-feira (10), será de vida ou morte para Thiago Carpini. Ao menos é o que garante André Hernan. Durante edição do programa De Primeira, do UOL Esporte, o jornalista afirmou que o treinador será demitido caso o Tricolor não conquiste os três pontos.

Segundo Hernan, a diretoria do presidente Julio Casares já sofre grande pressão nos bastidores para realizar a troca de comando técnico antes do início do Campeonato Brasileiro. A visão de uma ala dos dirigentes é que Carpini não conseguiu dar padrão à equipe mesmo com duas semanas livres para treinamento.

Assim, caso o São Paulo não vença o Cobresal, considerado o time mais acessível do Grupo B da Libertadores, a queda do jovem comandante de 39 anos será inevitável. Derrotado na estreia pelo Talleres, Carpini ainda junta os cacos da precoce eliminação dentro do Campeonato Paulista para o Novorizontino nas quartas de final.

Contratado no início da temporada para o lugar de Dorival Jr., novo treinador da Seleção Brasileira, Thiago Carpini já soma 15 jogos no comando do São Paulo, com seis vitórias, seis empates e três derrotas. Mesmo campeão da Supercopa do Brasil, o técnico não caiu nas graças da torcida são-paulina no período.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Relembre os jogos de Carpini no comando do São Paulo

  • 20/01: 3 a 1 Santo André (C)
  • 23/01: 1 a 1 Mirassol (F)
  • 27/01: 1 a 0 Portuguesa (C)
  • 30/01: 2 a 1 Corinthians (F)
  • 04/02: 0 a 0 Palmeiras (N)
  • 07/02: 3 a 0 Água Santa (C)
  • 10/02: 0 a 2 Ponte Preta (F)
  • 14/02: 0 a 1 Santos (C)
  • 17/02: 2 a 2 RB Bragantino (C)
  • 25/02: 1 a 1 Guarani (F)
  • 28/02: 3 a 0 Inter de Limeira (F)
  • 03/03: 1 a 1 Palmeiras (C)
  • 10/03: 3 a 2 Ituano (F)
  • 17/03: 1 a 1 Novorizontino (C)
  • 04:04: 1 a 2 Talleres (F)

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.