São Paulo avança em projeto que vai garantir R$ 250 milhões

Como não é novidade para ninguém, o São Paulo não vive seu melhor momento no que diz respeito ao aspecto financeiro. Recentemente, o Tricolor montou um plano de pagamento de dívidas bancárias junto à consultoria KPMG. O Tricolor busca obter R$ 250 milhões para deixar de “captar” juros dos bancos, segundo Alexandre Zanquetta. Entretanto, o clube terá que seguir um padrão e controle de gastos.

Por sinal, o controle desses gastos se tornou uma obrigação imposta pela consultoria. O São Paulo utilizará o Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) para antecipar o dinheiro que deve, uma solução alternativa ao parcelamento. É uma opção real para os clubes com dificuldades financeiras.

A ideia do clube paulista é pagar os juros bancários que acabam prejudicando (e muito) o fluxo de caixa. Ao quitar as dívidas de curto prazo e elongar outras por cinco anos (plano do SPFC), a situação financeira começa a melhorar gradativamente. Isso porque o Tricolor não passará do teto de gastos impostos pela consultoria financeira. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Segundo Alexandre Zanquetta, que é dono do Blog do São Paulo, a proposta deve ser aprovada em breve no Conselho. “A ideia da gestão é captar R$ 250 milhões agora, pagar em 5 anos e em 2029, antes do centenário, captar mais R$ 500 milhões e praticamente delimitar a dívida em algo que nunca mais incomode, o mesmo modelo do Flamengo que passou a ter não só respiro como um balão financeiro gigante que o permite gastar com volúpia”, divulgou o jornalista.