São Paulo assina contrato e consegue ganhar mais da Globo

Não é de hoje que os clubes do futebol brasileiro se preparam para fechar novos acordos relativos aos direitos televisivos. A Globo é a maior detentora dos mesmos, já que é a principal emissora que transmite o Campeonato Brasileiro.

Por sinal, houve muita polêmica recentemente em relação à  diminuição dos valores embolsados pelo Flamengo na televisão, principalmente em relação ao pay-per-view. Dito isso, a tendência é que os cariocas não ganhem uma diferença gritante em relação aos outros clubes como antigamente. 

O Corinthians vem em segundo em relação aos valores arrecadados com esse tipo de acordo. O time não deve passar o Flamengo, e por sinal,  tem Palmeiras em sua cola. O Alviverde ganhava cerca de R$ 50 milhões de pay-per-view fixos, muito mais do que o São Paulo, por exemplo.

O Tricolor não tinha nenhum tipo de acordo fixo em relação ao pay-per-view, fruto do contrato assinado durante a gestão do ex-presidente Leco. Isso porque encaminhava um acerto com o Esporte Interativo (atual TNT Sports), que não foi confirmado.Agora, o São Paulo ganhou R$27,9 milhões de acordo com informações divulgadas pelo jornalista Alexandre Zanquetta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O Tricolor ganhou R$ 27,9 milhões, algo que já era medido por quanto a torcida comprava, não tinha gatilhos mínimos. Logo, para o São Paulo, continuará sendo monetizado no PPV de acordo com o que a torcida mobiliza, ao contrário de Flamengo, Corinthians e Palmeiras, o Tricolor não terá impactos no PPV”, divulgou.

Em relação aos direitos fixos de televisão, os clubes devem continuar ganhando os mínimos e a tendência é que reembolsem ainda mais dinheiro após 2024. Isso porque o acordo firmado é válido a partir de 2025 e com duração até 2029. “Só um sinal de assinatura veio ao Tricolor como aos demais por constar do contrato em um acordo coletivo negociado em bloco”, finalizou Zanquetta.