São Paulo assina contrato com o River Plate

Desde que assumiu a presidência do São Paulo, Julio Casares vem lutando para reerguer o clube, que havia se afastado do protagonismo do futebol brasileiro e sul-americano. Além do desempenho dentro de campo (três títulos), o mandatário vem focando em assuntos longe das quatro linhas.

No final de dezembro, por exemplo, o São Paulo fechou um acordo com a Mondelez pela venda dos naming rights do Estádio Cícero Pompeu de Toledo. O local se chama Morumbis, em alusão ao chocolate “Bis”, que é fabricado pela empresa citada. Além disso, os setores do estádio receberão nomes em alusão aos doces da Mondelez.

Nesta quinta-feira (9), Julio Casares fez uma postagem que movimentou as redes sociais. Ele divulgou a assinatura de um acordo de um convênio com o River Plate, durante o Sports Summit BR. O objetivo é trazer cooperação, ética, integridade e compliance.

“Também no @sportssummitbr assinamos um convênio importante entre @saopaulofc e @riverplate Obrigado @ignaciovillarroel Vice-presidente do @riverplate Foi o último compromisso do dia. Amanhã tem mais! Seguimos #juntospelosaopaulo”, escreveu o presidente.

Último confronto entre SPFC e River

São Paulo e River Plate são dois dos maiores clubes da América do Sul. A última vez que os dois gigantes se enfrentaram foi em 2020, durante a pandemia da covid-19. Na ocasião, caíram no mesmo grupo na Libertadores da América.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Depois de um empate em 2 a 2 no Morumbis, a equipe comandada por Fernando Diniz viajou a Buenos Aires. Precisando da vitória, o Tricolor acabou perdendo por 2 a 1 no Monumental de Nuñez, e foi eliminado da fase de grupos.