São Paulo acerta a contratação de ex-Barcelona

Perto da estreia no Campeonato Paulista, marcada para o próximo dia 20 (sábado), diante do Santo André, no Morumbi, o São Paulo anunciou o substituto de Dorival Júnior, que é o novo comandante da Seleção Brasileira. Trata-se de Thiago Carpini, que estava no Juventude.

Promissor e ambicioso, o técnico de apenas 39 anos de idade terá o maior desafio de sua carreira no Morumbi. O mesmo é fã da escola argentina de treinadores e ainda no final de sua carreira, iniciou a realização de cursos e também de faculdade.

“Quando ainda jogava pelo Guarani, comecei a fazer faculdade de educação física porque precisava me preparar. Fiz os cursos da CBF e da AFA (Associação do Futebol Argentino). Gosto muito de aprender sobre futebol todos os dias”, contou em entrevista à ESPN.

Após pendurar as chuteiras, se tornou assistente técnico de Evaristo Piza no XV de Piracicaba e no Botafogo-PB. Recebeu um convite para ser auxiliar fixo no Guarani, e depois da demissão de Roberto Fonseca, assumiu o comando e salvou a equipe do rebaixamento em 2019.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Foi demitido durante o Campeonato Paulista de 2020, e acumulou uma passagem curta pelo Oeste-SP. Depois, aproveitou o tempo parado para estudar ainda mais o esporte em alguns clubes na Europa, incluindo o Barcelona.

“Passamos um período no Atlético de Madrid com o Simeone, no Barcelona e no Valladolid. O CEO do Valladolid foi um grande amigo que fizemos na Inter de Limeira. Pude absorver ideias e acho que os treinadores brasileiros têm se modernizado e estudado. Vejo muitas diferenças do comportamental do atleta no exterior. Isso me chamou muito a atenção”, disse o técnico.

Carpini elogia Simeone e metodologia do Barcelona

Por fim, ele elogiou o método de trabalho do Barcelona, que é um dos maiores clubes do mundo. Também não deixou de destacar o argentino Diego Simeone, de quem é fã declarado.

“Estava muito curioso para ver a metodologia do Barcelona, que me agrada e me encanta. A ideia de jogo está muito enraizada. O Simeone, que é um treinador com longevidade, tem conceitos de comportamento muito bem definidos”, finalizou Carpini.