Santos trocou de chefe e mesmo assim segue passando vergonha

Histórico rival do São Paulo, o Santos vive a pior crise de sua centenária história. Rebaixado pela primeira vez para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Peixe tenta iniciar sua volta por cima com a eleição do presidente Marcelo Teixeira e uma série de mudanças tanto no elenco como na comissão técnica.

Um desses primeiros passos foi a contratação de Fábio Carille, treinador com passagem pela Vila Belmiro em 2021 e campeão brasileiro com o Corinthians em 2017. De volta ao Brasil, Carille é a grande aposta da nova diretoria santista para conquistar o acesso e o retorno para a elite do país na próxima temporada.

Já apresentado como novo comandante do clube, o técnico de 50 anos está envolvido em uma polêmica daquelas. Isto porque, em um comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira (20), o V-Varen Nagasaki, time japonês onde Carille estava trabalhando, afirmou ainda não ter recebido nenhuma oferta para a transferência.

Segundo informações do portal ge, uma das pendências a serem resolvidas é o pagamento da multa rescisória do treinador, avaliada em R$ 7 milhões. Valor este que o Santos quer parcelar. Carille ainda não assinou contrato com o Peixe porque o presidente Marcelo Teixeira só pode assinar documentos em janeiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira a nota do V-Varen Nagasaki

“Esta série de relatos causou ansiedade entre todos os envolvidos com o clube, incluindo torcedores, apoiadores, empresas parceiras e todos que compartilham nosso desejo de usar a decepção desta temporada como um trampolim para avançar para o J1 na próxima temporada. Pedimos sinceras desculpas pelo ocorrido.

Como clube, estamos perplexos com a situação repentina, mas faremos o nosso melhor para confirmar os fatos, resolver a situação e as preocupações dos jogadores e funcionários cujos contratos estão a ser renovados para a próxima época o mais rapidamente possível”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.