Santos faz o São Paulo perder bolada milionária

O Campeonato Brasileiro foi encerrado na última quarta-feira (6), fechando a temporada de 2023, que de um modo geral, foi muito boa para o São Paulo, já que levantou a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história.

Contudo, 2023 também será lembrado pelo primeiro rebaixamento do Santos. O clube da Vila Belmiro caiu para a segunda divisão após perder por 2 a 1 para o Fortaleza. Os concorrentes não ajudaram, já que o Bahia goleou o Atlético-MG e o Vasco venceu o Red Bull Bragantino.

Apesar da felicidade de muitos tricolores pelo resultado do rival, o rebaixamento do Santos fez o SPFC deixar de ganhar uma bolada. Caso a partida tivesse empatado em 1 a 1, o clube paulista cairia do mesmo jeito, mas o São Paulo ficaria em 10° lugar na tabela de classificação.Com o gol marcado por Lucero, o Fortaleza passou a equipe comandada por Dorival Júnior.

Caso ficasse em 10°, o São Paulo embolsaria o total de R$ 26,1 milhões em premiação, mas como acabou uma posição abaixo, levará para casa R$ 20,4 milhões. No planejamento realizado antes da temporada, a meta estabelecida pela diretoria no Brasileirão era de ficar entre os seis melhores. A informação foi divulgada pelo site “Nação Tricolor”>

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A boa notícia é que o Tricolor conseguiu arrecadar bastante dinheiro através da Copa do Brasil (mais de R$ 80 milhões). Além disso, a alta média de público no Morumbi foi fundamental para o faturamento em bilheteria. 

Premiações dos times do Brasileirão 2023

  • Palmeiras: R$ 47,5 milhões
  • Grêmio: R$ 45,1 milhões
  • Atlético-MG: R$ 42,7 milhões
  • Flamengo: R$ 40,3 milhões
  • Botafogo: R$ 38 milhões
  • RB Bragantino R$ 35,5 milhões
  • Fluminense: R$ 33,2 milhões
  • Athletico-PR: R$ 30,8 milhões
  • Internacional: R$ 28,5 milhões
  • Fortaleza: R$ 26, 1 milhões 
  • São Paulo: R$ 20,4 milhões
  • Cuiabá R$ 19 milhões
  • Corinthians: R$ 17,6 milhões
  • Cruzeiro: R$ 17,1 milhões
  • Vasco: R$ 16,5 milhões
  • Bahia: R$ 16 milhões