Salário que Milton Neves ganhava na Band pegou todos de surpresa

Um dos nomes mais polêmicos do jornalismo esportivo brasileiro, o apresentador Milton Neves, de 72 anos, não renovou o seu contrato com a Bandeirantes após 18 anos de trabalho na emissora: três em sua primeira passagem no grupo nos anos 90 e mais 15 desde a sua recontratação no ano de 2008.

A informação da não renovação de Milton Neves com a Band foi inicialmente divulgada pela Folha e depois confirmada pelos principais portais de notícias do país. Em comunicado em dezembro do ano passado, a emissora agradeceu aos trabalhos prestados e revelou que a decisão foi em comum acordo entre as partes.

“Em comum acordo, Milton Neves encerra seu contrato com o Grupo Bandeirantes de Comunicação neste domingo, 31 de dezembro. A Band agradece ao profissional, um dos maiores comunicadores da história do jornalismo esportivo brasileiro, por sua atuação brilhante ao longo dos últimos 15 anos”, disse a Band.

Já Milton comentou sobre o assunto em entrevista ao UOL Esporte: “A Bandeirantes sempre foi extremamente correta comigo. Não tive e não tenho motivo algum para reclamar. Foi um período muito feliz, certamente para mim e acredito que para o grupo também. Ao Grupo Bandeirantes de Comunicação, a minha eterna gratidão”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na Band, o apresentador fez história ao ser responsável pelos programas “Terceiro Tempo”, “Gol: o Grande Momento do Futebol”, “Band Mania”, “Que Fim Levou?” e “Domingo Esportivo”. Por lá, Milton Neves era dono de um robusto salário na casa dos R$ 500 mil mensais, valor maior do que os recebidos por Renata Fan e Craque Neto.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.