Salário que Fernando Diniz ganha na Seleção Brasileira é incrível

Depois de longos 23 anos, a Seleção Brasileira voltou a “dividir” um técnico com um clube do país. Em alta no comando do Fluminense, Fernando Diniz foi o escolhido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para assumir o posto de forma interina até junho de 2024, quando a entidade espera anunciar o italiano Carlo Ancelotti.

Enquanto isso não acontece, Diniz iniciou a sua era da melhor maneira possível: com duas vitórias sobre Bolívia e Peru nas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. Líder da competição, o treinador voltará a trabalhar com o Fluminense e só retornará para a Canarinho em outubro, quando enfrentará Venezuela e Uruguai.

A dupla jornada do técnico, criticada por muitos jornalistas brasileiros durante os últimos meses, tem rendido um bom valor para o bolso do jovem treinador. As informações dão conta de que Diniz recebe R$ 500 mil mensais da CBF, valor um pouco menor que os seus vencimentos no Tricolor das Laranjeiras: R$ 800 mil.

No fim do ano passado, o técnico assinou um contrato com o Fluminense até dezembro de 2024. Há quem cogite, porém, que um bom desempenho à frente da Seleção faça com que a CBF desista de Ancelotti e opte por tirar Diniz do clube carioca.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fernando Diniz pode retornar ao Morumbi em novembro

Técnico de boa passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, Fernando Diniz deve retornar ao Morumbi em breve. Mas calma, torcedor são-paulino, não se trata da volta do treinador ao Tricolor, mas sim mais um compromisso da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias.

Segundo informações da ESPN, o Morumbi é um dos estádios cogitados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para receber o clássico com a Argentina, pela 6ª rodada da competição. A partida, inicialmente marcada para o dia 21 de novembro, também tem chances de acontecer no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.