Rogério Ceni recebeu convite da Globo

Apontado por muitos torcedores com o maior ídolo da história do São Paulo, Rogério Ceni contou com mais de 1200 jogos pelo clube e incríveis 131 gols marcados entre 1993 e 2015. Multicampeão dentro de campo, o ex-goleiro se aventura como técnico desde 2017, contando, inclusive, com duas passagens pelo Tricolor Paulista.

Além de comandar o São Paulo em 2017 e entre 2021 e 2023, Ceni conta com trabalhos por Fortaleza, Flamengo e Cruzeiro. Hoje comandante do Bahia, o técnico de 50 anos já recebeu um convite para se aventurar em uma outra profissão: a de comentarista. Ceni, por pouco, não trabalhou na Rede Globo durante a Copa de 2018.

Na ocasião, a emissora carioca convidou o então técnico do Fortaleza para comentar sobre a estreia do Brasil no Mundial da Rússia em rede nacional. O ídolo são-paulino seria um dos convidados do programa Central da Copa, apresentado por Tiago Leifert e Bárbara Coelho. A atração ainda contou com Caio Ribeiro, também ex-São Paulo.

Mas a possibilidade ficou apenas no imaginário. Alegando falta de tempo, Rogério Ceni negou o convite da Globo para se dedicar ao trabalho no Leão do Pici. Em entrevista ao jornal O Povo, o treinador deu maiores detalhes sobre a recusa na época.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu vou trabalhar aqui no Fortaleza, tenho bastante serviço para fazer. Vou tentar assistir os jogos que for possível, mas sempre a prioridade é o clube. Não tenho interesse nenhum nesse momento em comentar Copa do Mundo”, disse. Convocado para duas Copas do Mundo, Ceni foi campeão mundial em 2002 com a Seleção Brasileira.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.