Rogério Ceni explica como Tricolor pode terminar 2022 campeão do Brasileirão

0

O Tricolor entrou no campeonato brasileiro com uma meta clara, se classificar para a próxima edição da Libertadores. Porém, com mais da metade do primeiro turno tendo se passado, o discurso pode começar a mudar e o clube se ver na disputa pelo título.

Apesar de ainda ser muito cedo, como próprio técnico Rogério Ceni ressalva, o São Paulo está bem na competição, fazendo uma participação mais equilibrada do que o projetado.

Porém, para Ceni a equipe precisa melhorar um fator específico caso queira de fato disputar o título. O desempenho fora de casa.

Na atual temporada o time do São Paulo tem números fenomenais em casa, tendo apenas uma derrota sobre seus domínios desde o início do ano. Recentemente, o clube chegou a sequência de 12 vitórias seguidas como mandante, que só foi interrompida por um empate com o Ceará.

Agora fora de casa, a história muda de figura. O clube não consegue se impor da mesma forma que se impõe em casa na estádio adversário.

A mudança de rendimento é clara e apesar de não perder fora já a 4 jogos, o São Paulo não quer mais se contentar com empates.

Ceni apontou esse retrospecto, e estipulou uma meta a ser batida para seu time continuar brigando pelo topo.

“Sempre que fomos campeões, foi com uma média de 80% jogando em casa e 50% fora. Estamos longe de 50%, por isso a gente precisa melhorar nesses dois jogos que temos fora de casa. Temos que fazer mais pontos do que jogos para a gente voltar a ter chance em casa de poder novamente vencer. Virão adversários complicados, clássicos, difíceis”, avaliou Rogério Ceni.

Tricolor tem péssimo retrospecto fora no Brasileirão

Para bater o mínimo de 50% estipulado pelo seu treinador, o São Paulo tem de começar já uma mudança de postura.

Até aqui no Brasileirão, o time tem apenas 25% de aproveitamento jogando fora de casa, contra cerca de 90% atuando em seu estádio.Foram até aqui 3 empates e uma derrota. 3 pontos conquistados de 12 possíveis.

Para efeito de comparação, em 2014, a melhor campanha do clube desde o tri, a equipe que terminou o Brasileirão em segundo, atrás apenas do campeão Cruzeiro, tinha 54% de aproveitamento jogando fora. E ainda sim, não conseguiu se sagrar vencedor do torneio.

A ambição o Tricolor parece ter, basta agora alguns ajustes para deixar a equipe jogando aquilo que a torcida espera de um clube vitorioso.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -