Rogério Ceni está preparando volta ao Morumbi já em setembro

Atual treinador do Bahia, Rogério Ceni voltará, ao menos, duas vezes ao Morumbi. Uma pelo confronto do Campeonato Brasileiro entre as equipes, e a outra por conta de um motivo peculiar.

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Lauro Jardim, do portal O Globo, a banda de rock AC/DC fará quatro apresentações no Brasil em setembro deste ano. Dois shows serão no Rock In Rio, enquanto outros dois devem acontecer no Estádio do Morumbis.

Antes mesmo de Lauro divulgar as datas e o local dos shows, José Norberto Flesch havia dito que a banda australiana voltaria ao Brasil ainda em outubro do ano passado. O grupo retornou aos palcos depois de sete anos.

Quem ficou feliz com a notícia foi Rogério Ceni, que é um grande fã da banda. Ainda em 2011, quando marcou seu centésimo gol, em cima do Corinthians, o programa Fantástico abriu uma exceção e pôde escolher uma música, destinada apenas a quem marca três gols em um duelo. Ele pediu “You Shook Me All Night Long”, do AC/DC.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Na verdade, eu tenho grandes amigos músicos aqui no Brasil: Raimundo Fagner, o pessoal do Ira!, Nasi, Edgard Scandurra, Guto e Nando. Se eu pudesse pedir umas cinco, seis músicas, pedia uma de cada. Para ninguém ficar chateado, eu pedi um grupo estrangeiro. Eu gosto muito de rock n’roll”, revelou sua paixão pelo estilo musical, durante participação no programa ‘Bem Amigos’, em 2011.

Cafu falou de Rogério Ceni

Também presente naquela edição do programa, o ex-lateral Cafu relembrou momentos com Rogério durante a disputa da Copa do Mundo de 20022, quando o Brasil foi pentacampeão mundial. Ele também o parabenizou pela marca de 100 gols.


“O Rogério escrevia um textos. Ele escreve bem demais. Aquilo marcou a gente. Mas cantar ele não canta bem. Até tentou cantar algumas coisas mas não deu. Melhor continuar batendo faltas. Sempre que falarem de goleiro-artilheiro, o nome do Rogério Ceni será lembrado. Acho que é impossível um outro goleiro ultrapassar a marca dele”, disse Cafu.