Rogério Ceni é passado para traz e pode ser substituído por Tite

Depois de levantar as taças da Libertadores da América e da Copa do Brasil na última temporada, o Flamengo vive um ano para lá de decepcionante em 2023. Vice-campeão da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca, o clube carioca sequer passou para a grande decisão do Mundial de Clubes.

Os péssimos resultados no início da temporada fizessem com que a diretoria trocasse Vítor Pereira por Jorge Sampaoli em abril. Mas, nem assim, o desempenho melhorou, com o Rubro-Negro amargando uma precoce eliminação na Libertadores para o Olimpia. Em crise, o argentino está na corda bamba e tem Rogério Ceni como sombra.

Ex-técnico do São Paulo, Ceni está livre no mercado desde sua saída do Morumbi há cinco meses. Com passagem também pelo Flamengo entre 2020 e 2021, ele seria o favorito para substituir Sampaoli em caso de insucesso na decisão da Copa do Brasil neste mês. No entanto, há um novo concorrente de peso na disputa.

De acordo com informações do jornalista Bruno Zanchetta, do portal TV Foco, Tite, ex-treinador do Corinthians e da Seleção Brasileira, ganhou força nos bastidores flamenguistas. Sem vínculo desde a eliminação para a Croácia na Copa do Mundo de 2022, Tite seria a grande aposta para apaziguar os problemas de vestiário do Rubro-Negro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.