Rogério Ceni dá boa notícia para a torcida do São Paulo

Depois da vitória contra o Criciúma, o São Paulo se prepara para reencontrar o maior ídolo de sua história. Isso porque o Tricolor recebe o Bahia neste domingo (30), no Morumbis, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que Rogério Ceni é o atual comandante do time de Salvador, que é o vice-líder do Brasileiro.

Em entrevista após a vitória diante do Vasco, Rogério fez uma breve análise sobre a equipe comandada pelo técnico Luis Zubeldía. “O São Paulo é um grande time, vinha de 12 jogos invictos. Perdeu para o Cuiabá e anteriormente na última rodada para o Vasco.”, iniciou.

Apesar da equipe ter enfrentado uma sequência de quatro jogos sem vencer, o Tricolor voltou a ganhar três pontos diante do Criciúma. Na visão de Ceni, o time do São Paulo tem potencial para, inclusive, vencer o Brasileirão deste ano. 

“Mas eu vejo o São Paulo na minha concepção, com exceção feita a esse último jogo do Vasco, que eu acho que jogou abaixo do normal, eu vejo o São Paulo como um dos candidatos a estar entre os quatro primeiros colocados até a título“, continuou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ceni fala sobre principal fraqueza do SPFC no momento

Apesar dos elogios, Rogério analisou um dos assuntos que vem incomodando a torcida: os desfalques. O treinador ressaltou que a equipe completa é muito forte, mas, como toda outra, acaba perdendo um pouco quando seus principais jogadores não estão em campo. 

“Eu acho que o São Paulo um time fortíssimo, é claro, quando tem muitas ausências, muitas trocas, Pablo Maia faz muita falta, por exemplo no meio-campo, Alisson não jogou esse último jogo, fez muita falta no meio-campo. Eu pude assistir ao jogo contra o Vasco, mas é um time quando joga em casa, o São Paulo em casa, pressão de torcida, 40, 50.000 pessoas no Morumbi. É um time dificílimo de se enfrentar “, completou.