Rodrigo Nestor toma atitude drástica que vai deixar a torcida do São Paulo apaixonada

Após o final da temporada, os jogadores do São Paulo estão curtindo as suas merecidas férias após o longo ano. A reapresentação no CT da Barra Funda está marcada para os primeiros dias de janeiro. Apesar disso,Rodrigo Nestor acabou abrindo mão das férias para focar na recuperação de uma lesão.

Depois de ter machucado e operado o ligamento colateral do joelho esquerdo, o jogador segue em recuperação junto ao departamento médico e ao time de fisioterapeutas do clube. Ele se lesionou durante um treinamento em novembro, ficando de fora da reta final da temporada. 

Visando dar sequência a ótima fase que estava vivendo, o meia segue focado no CT da Barra Funda e abriu mão do período de descanso, procurando retornar o mais breve possível aos gramados.  

“A previsão é mais um três meses, mas depende muito da recuperação, da evolução, pode ser mais ou pode ser menos. Eu e o pessoal da fisioterapia quer um pouco antes, mas tem riscos que valem a pena correr ou não. No momento, é melhor evitar todos os tipos de riscos para não ter que voltar a fazer uma cirurgia caso dê alguma coisa errada. Minha ideia em janeiro estar começando a transição no campo”, disse, em entrevista ao ‘Charla Podcasr’.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Muito criticado durante o ano, Rodrigo Nestor deu a volta por cima da melhor maneira. Ele foi o autor do gol do título da Copa do Brasil, na final diante do Flamengo, no Morumbi. Atuou em 54 jogos no ano, marcando duas vezes e distribuindo sete assistências. A expectativa é que ele retorne ao time em fevereiro de 2024.

Nestor adiou ida à Europa por conta da lesão

Ainda na mesma entrevista ao ‘Charla Podcast’, o meia de 23 anos, que é criado e revelado nas categorias de base de Cotia, revelou que seu sonho de jogar na Europa foi adiado por conta da lesão.

“Nossa meta era sair (para Europa) nessa janela agora por tudo que aconteceu, mas infelizmente aconteceu (lesão) esse imprevisto. Eu gostaria de jogar na liga da Espanha, mas pelo futebol. A Premier League também, mas uma liga boa seria a Espanha, talvez a França, Portugal. Na La Liga não é um jogo tão físico assim, é um jogo mais técnico”, disse.