Rodrigo Caio é do São Paulo! Confirmado

Criado e formado nas categorias de base do São Paulo, Rodrigo Caio está livre no mercado. O jogador não teve seu contrato renovado com o Flamengo, clube que defendia desde 2019, e está livre para assinar com qualquer clube a custo zero. 

Diversos rumores já foram divulgados de clubes interessados nos serviços do zagueiro, mas até agora nada foi oficializado. Falou-se muito do Cruzeiro e também do São Paulo, clube que revelou o atleta ao profissional. 

Apesar de ter passado grande parte de sua vida em Cotia e no Morumbi, Rodrigo Caio revelou mágoa com o técnico Diego Aguirre, seu último comandante em sua passagem no SPFC, em 2018. 

“Chegou um treinador que na minha visão não foi leal comigo da forma que eu gosto de ser com as pessoas. E ali foi o primeiro momento que eu senti que era hora de eu sair do São Paulo, senão eu acabaria com a minha carreira. Não era mais feliz e não estava me sentindo bem”, disse, em entrevista ao programa “Coisa de Crente”, ainda em 2021.

O atleta ainda deixou claro que, em sua visão, ele estaria entre os convocados para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018 se não fosse uma lesão sofrida a pouco tempo do torneio.

“Era muito jovem quando estreei no São Paulo, tinha 17 anos. Infelizmente, não tive a oportunidade de ganhar títulos – que é o que marca. Em 2018 eu tive uma lesão, duas semanas antes da Copa do Mundo. Estava na disputa com o Geromel e acabei não conseguindo ir, acredito muito pela questão da minha lesão”, comentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Rodrigo Caio virou a casaca e filho torce para o Flamengo

Apesar de ter crescido no ambiente do São Paulo e atuado por muitos anos na equipe principal, Rodrigo Caio se tornou um ídolo recente da torcida do Flamengo. Não é para menos, já que conquistou todos os títulos que podia, incluindo Libertadores, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Supercopa, Recopa e Estadual. Segundo ele, essa apoximação com o Rubro-Negro fara com que seu filho torça para o clube carioca, apesar de revelar que era são-paulino.

“Sempre fui apaixonado por futebol. Eu torcia para o São Paulo, mas aprendi no futebol que depois que vira um atleta profissional você deixa isso de lado e perde essa questão de time, pois é sua profissão e você deixa de pensar com o coração. Meu filho vai ser flamenguista, com certeza”, cravou, na época.