Robinho vira exemplo negativo e desafeto do São Paulo se dá mal

O atacante Robinho, cria do Santos e com passagens por Real Madrid, Milan e Seleção Brasileira, virou assunto na Espanha e não por um bom motivo. Na última semana, a oposição ao recurso da defesa de Daniel Alves usou o caso do santista para justificar o pedido de manutenção da prisão provisória do ex-São Paulo em Barcelona.

Condenado por estupro pela Justiça da Itália no ano passado, Robinho continua vivendo livremente no Brasil e não foi extraditado ao país europeu. O receio dos advogados da vítima no caso de Daniel Alves é de que o lateral se utilize do mesmo expediente. O risco de fuga foi apontado como um dos fatores que pesaram para a decisão de mantê-lo preso.

Daniel Alves está detido no Centro Penitenciário Brians 1, centro penitenciário nos arredores de Barcelona, com capacidade para 1.500 pessoas. Ele divide a cela com um outro brasileiro, que já trabalhou como segurança de Ronaldinho Gaúcho, e foi condenado pelo mesmo crime que Daniel é investigado desde o último mês.

Dono de polêmica passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, o lateral é acusado de agressão sexual a uma mulher de 23 anos em uma boate de Barcelona, no dia 30 de dezembro. Desde sua prisão, ele teve seu vínculo com o Pumas, do México, rescindido e viu inúmeros contratos de patrocinadores também serem encerrados.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Exames apontam crime de ex-São Paulo na Espanha

O caso envolvendo o lateral Daniel Alves, preso de forma provisória na Espanha, ganhou grande novidades na última sexta-feira (10). Segundo os jornais “El Periódico” e “El Mundo”, os laudos forenses foram enfim entregues pela polícia da Catalunha à Justiça de Barcelona. E, ao que tudo indica, o ex-São Paulo terá ainda mais dor de cabeça.

Os materiais indicam que foram encontrados restos de sêmen do jogador dentro do corpo da vítima do estupro do qual ele é acusado. Além disso, vestígios também foram encontrados na roupa da jovem de 23 anos e no chão do banheiro da boate Sutton, local onde a agressão ocorreu.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.