Robinho é “convocado” para disputar Copa mesmo na prisão

Apesar de ter pendurado as chuteiras, o ex-atacante Robinho ainda continua no futebol. De acordo com informações divulgadas pelo portal G1, ele atua nas partidas em campo de terra do presídio do Tremembé, localizado no interior paulista.

Vale lembrar que o brasileiro foi condenado a joce anos de prisão por estupro cometido em 2013. O crime ocorreu em uma boate em Milão, na Itália, na mesma época em que atuava no Milan. Apesar da sentença ter sido divulgada no país europeu, foi transferida para o Brasil em março deste ano. 

Preso na P2, Robinho continua demonstrando amor e paixão pelo esporte. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária, ele joga futebol de uma a duas vezes na semana. A prática é permitida durante os banhos de sol.

“Ele joga no campo de terra. Um terrão que não é tão bem cuidado, mas quebra o galho de quem gosta de futebol”, disse uma fonte em entrevista ao G1. Por enquanto, não existem torneios, e os times são escolhidos entre os presos. Os uniformes são as próprias roupas dos detentos. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda segundo a fonte citada, eles podem atuar com chuteiras, desde que seus parentes comprem e levem até o local. Robinho é um deles, e além do esporte, ele costuma fazer outros exercícios. “Ele faz bastante academia para manter a forma”, relata a fonte. Por fim, Robinho também deu início a um curso de ‘Eletrônica Básica, Rádio e TV’, e participa de grupos de leitura.