Robinho define sua nova profissão depois de ficar livre

O atacante Robinho, cria do Santos e com passagens por Real Madrid, Milan e Seleção Brasileira, ainda vive dias de indefinição em sua vida pessoal. Condenado a nove anos de prisão por estupro coletivo na Itália, o brasileiro tem chance de cumprir a pena em território nacional e assim ser enfim detido pelo crime praticado na Europa.

Sumido da grande mídia, o ídolo santista já sabe o que fará caso o Superior Tribunal de Justiça (STJ) considere que o pedido da Justiça Italiana para que ele cumpra a pena no Brasil seja improcedente. Segundo informações do Portal dos Times, o ex-atacante tem o sonho de retornar ao Santos para buscar um troféu que lhe escapou das mãos.

Robinho Santos 1
Robinho em treino do Santos em 2020. — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Já encerrando sua carreira dentro dos campos, Robinho almeja voltar a Vila Belmiro como dirigente para ajudar o Peixe a buscar o tetracampeonato da Copa Libertadores da América. Dono de três passagens pelo clube, o ídolo santista não conseguiu conquistar o maior título do continente, batendo na trave em 2003.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na ocasião, o Santos foi superado pelo Boca Juniors de Carlos Tévez e companhia na grande decisão, que contou com o estádio do Morumbi como palco. Em 2011, ano do último troféu continental do Peixe, Robinho vestia as cores do Milan.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.