Revelado se Carpini lamenta a saída de James Rodriguez

James Rodríguez está fora do São Paulo. Nesta quarta-feira (7), o meio-campista colombiano pediu para deixar o clube, e terá seu contrato rescindido de forma amigável junto a diretoria paulista.

O jogador está insatisfeito com a falta de minutos dentro de campo, além do desejo de estar perto de sua família. Por sinal, o técnico Thiago Carpini foi consultado pela cúpula, e não se opôs à saída do jogador.

Em entrevista pós-jogo contra o Água Santa, no qual o Tricolor goleou por 3 a 0, o treinador do SPFC foi questionado sobre a situação de James. Carpini disse que ele estava lidando com um problema na panturrilha, motivo pelo qual a comissão técnica optou por realizar trabalhos de controle de carga.

Isso fez com que ele não fosse sequer inscrito para o Campeonato Paulista. Ele também não seria relacionado para a Supercopa do Brasil e ao saber da notícia, se recusou a viajar com o restante do grupo à Belo Horizonte.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Nosso período de convívio foi curto, não tenho o que falar do atleta e ser humano. O que atrapalhou foi o controle de carga que fizemos. Foi recorrente o problema na panturrilha, até na seleção. O interesse de não continuar é do próprio atleta, e agora é um assunto da diretoria, não cabe a mim comentar”, disse Carpini.

James não empoglou torcida do SPFC

James Rodríguez foi anunciado pelo São Paulo na metade do ano passado, e desde então, atuou em somente 14 jogos pelo clube. Acabou marcando um gol e distribuiu três assistências. A decisão de deixar o clube foi totalmente do colombiano, que não fez parte da campanha vitoriosa da Copa do Brasil.