Revelado porque Dorival Júnior foi dispensado pelo Flamengo

Na temporada passada, o Flamengo, com problemas com o então técnico português Paulo Sousa, optou por iniciar um novo ciclo e contratar Dorival Júnior, que na época, estava fazendo um bom trabalho no Ceará.

O que os rubro-negros não esperavam é a equipe iria se transformar da água para o vinho em tão pouco tempo. Ao final da temporada, o clube foi campeão da Libertadores da América e da Copa do Brasil.

Todavia, sua passagem no comando da equipe durou apenas seis meses. Mesmo conquistando dois dos três troféus possíveis, a diretoria do Flamengo não renovou o contrato do treinador.

Marcos Braz e companhia contrataram Vitor Pereira, ex-Corinthians, para comandar o time em 2023. Todavia, foi demitido após perder a final do Campeonato Carioca para o Fluminense. Cedeu lugar a Jorge Sampaoli, que deverá ser demitido em breve.

Até hoje a torcida não entende tal atitude dos dirigentes, que mandaram Dorival embora mesmo tendo conquistado dois troféus de suma importância. Mas, de acordo com o jornalista André Rizek, o motivo foi revelado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O apresentador do Sportv afirmou que o Flamengo não renovou o contrato de Dorival Júnior por entender que ele não estava à altura dos desafios da equipe para a próxima temporada, que contava com Mundial de Clubes, Recopa, Supercopa, etc.

Vingança de Dorival

Como todos sabem, o Flamengo passou em branco nesta temporada, e não venceu nenhum troféu no ano, sendo vice em quatro oportunidades. A mais recente foi na Copa do Brasil, perdendo para o São Paulo, no Morumbi, treinador justamente por Dorival Júnior.