Revelada punição que o São Paulo pode levar por Abel Ferreira não dar entrevista

O segundo clássico Choque-Rei da temporada terminou com um empate por 1 a 1 no placar e inúmeras polêmicas dentro e fora de campo. Insatisfeita com a arbitragem responsável pela partida, a diretoria do São Paulo chegou a impedir que o técnico do rival, o português Abel Ferreira, concedesse entrevista coletiva.

De acordo com apuração do portal ge.globo, o Tricolor entendeu que daria o tratamento recíproco que recebe no Allianz Parque quando atua no estádio do rival. Em 2022, por exemplo, o Alviverde cedeu uma sala anexa à zona mista com problemas no sistema de som e sem a possibilidade do São Paulo pendurar seu backpdrop.

A escolha são-paulina, no entanto, pode gerar uma dor de cabeça junto à Federação Paulista de Futebol (FPF). Isto porque, no regulamento do Campeonato Paulista, a entidade deixa claro que o clube que não cumprir a possibilidade de seu adversário ter direito a entrevista coletiva poderá ser punido de forma administrativa.

“Havendo apenas uma sala ou espaço de imprensa disponível no estádio, será realizada a entrevista da equipe visitante e, posteriormente, a entrevista da equipe mandante, salvo acordo prévio realizado entre os clubes, que deverá ser informado à Federação Paulista de Futebol com pelo menos 24 horas de antecedência”, diz o texto.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Presidente do São Paulo criticou técnico rival

Bastante revoltado com a arbitragem de Matheus Delgado Candançan no clássico entre São Paulo e Palmeiras, o presidente Julio Casares criticou abertamente o desempenho do responsável pelo apito, mas também não poupou críticas a Federação e ao técnico Abel Ferreira.

“Hoje é um conjunto desastroso. Hoje foi um absurdo, a Federação Paulista não pode atuar dessa forma, eu vi agora o auxiliar do árbitro xingando o Calleri, vi o auxiliar do Abel rindo e ironizando, chega do Abel apitar jogo Paulistão. Hoje foi uma vergonha o que vimos no Morumbi”, afirmou o mandatário são-paulino.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.