Renato Maurício Prado “anuncia” demissão de Thiago Carpini

Depois de ser precocemente eliminado dentro do Campeonato Paulista para o surpreendente Novorizontino, o técnico Thiago Carpini vivia a expectativa de dar a volta por cima na estreia do São Paulo na Copa Libertadores da América. O resultado, no entanto, foi decepcionante: derrota por 2 a 1 para o Talleres, da Argentina.

O revés na 1ª rodada do Grupo B da competição tornou-se, é claro, pauta na imprensa esportiva do país. Um dos nomes mais polêmicos da área, o comentarista Renato Maurício Prado não perdoou o comandante são-paulino e cravou que Carpini será demitido nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, que se inicia este mês.

“Eu acho que o Carpini não passa da quinta rodada do Brasileirão. Fiz uma previsão. Não se sustenta. A minha dúvida é quem será o substituto dele depois que cair. A queda dele parece quase que inevitável”, afirmou RMP. A fala do jornalista ainda foi endossada por Milly Lacombe, que concordou com o companheiro de bancada do UOL.

“Pesou. Carpini não é um técnico ruim, mas é um técnico em começo de carreira. E o São Paulo é uma camisa muito pesada”, afirmou. Contratado em janeiro deste ano para o lugar de Dorival Jr., agora técnico da Seleção Brasileira, Carpini chegou ao seu 15º jogo pelo Tricolor, somando seis vitórias, seis empates e três derrotas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Carpini falou sobre seu trabalho dentro do São Paulo

Após o revés por 2 a 1 para o Talleres no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, o técnico Thiago Carpini foi indagado por jornalistas sobre o saldo de seu trabalho até aqui dentro do São Paulo. Sem ficar em cima do muro, o comandante afirmou que o período contou com pontos positivos e negativos, mas que agora pensa no futuro.

“Qualquer coisa que eu fale em saldo negativo ou positivo, há controversas. Tenho minhas convicções. Tenho respaldo no vestiário, do grupo. Se eu ficar falando de Supercopa, tabu ou Novorizontino, isso é passado. Não vivo passado nem futuro, vivo presente. Infelizmente, não começamos como gostaríamos hoje”, disse.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.