Rafinha entra na mira do STJD e pode desfalcar o São Paulo

No próximo dia 21 (terça-feira), o lateral-direito Rafinha irá ser julgado pela 2ª Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), após polêmica com Raphael Claus. Na ocasião, o veterano chamou o árbitro de “palmeirense”, depois de ter sido expulso na goleada do rival por 5 a 0, no Allianz Parque, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Clauss ouviu e escreveu o ocorrido na súmula do duelo. Rafinha tinha recebido um cartão amarelo ainda na primeira etapa, após ter acertado o cotovelo no rosto do atacante Breno Lopes. Na segunda etapa, levou outro cartão depois de infração no meio-campo.

Irritado, o capitão do São Paulo falou para Claus: Você apita para c*****, mas acho que você é palmeirense”. Quando estava se dirigindo ao vestiário, Rafinha também afirmou a mesma frase ao quarto árbitro Lucas Canetto Belotte: “O Claus é palmeirense, o Claus é palmeirense”.

Rafinha pode não jogar mais pelo São Paulo no ano

Justamente pelas acusações direcionadas ao árbitro paulista, a atitude de Rafinha foi enquadrada no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Segundo o documento, isso se caracteriza por “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do documento”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Desta forma, o STJD irá julgá-lo na próxima semana, e caso considerá-lo culpado, pode aplicar uma pena de até seis partidas de suspensão. Caso ele pegue a pena máxima, ele não jogará mais na temporada. 

Vale destacar que ele cumpriu suspensão pelo cartão vermelho no empate em 1 a 1 diante do Athletico-PR, em Curitiba, pelo Brasileirão.