Rafinha dá uma de empresário e traz reforço para o São Paulo

Aos 38 anos de idade, Rafinha vem se tornando cada vez mais ídolo da torcida do São Paulo, mesmo com pouco tempo de clube. Além da conquista da Copa do Brasil no ano passado, ele vem atuando como um intermediador nas negociações.

Nesta segunda-feira (22), o volante Luiz Gustavo foi oficialmente apresentado como novo reforço do São Paulo. Na entrevista coletiva, ele revelou que Rafinha teve um papel fundamental na sua contratação. Vale lembrar que ambos atuaram juntos no Bayern de Munique, conquistando a tríplice coroa em 2012/13 (Campeonato Alemão, Liga dos Campeões da Europa e Copa da Alemanha).

“O Rafinha é um amigo pessoal, um cara que eu respeito muito. Gosto muito. Temos uma relação muito boa. Sem dúvida ele teve uma influência também nessa negociação, também o Lucas, o Rui, que participou, e outras pessoas que fizeram que isso acontecesse. Foi um conjunto de pessoas positivas, profissionais, que eu acreditei. Tendo a oportunidade de vir aqui antes da assinatura, tive a convicção de que seria a decisão certa a se fazer”, iniciou o volante.

O brasileiro não entrava em campo desde sua saída do Al-Nassr, da Arábia Saudita, mesmo clube de Cristiano Ronaldo. Ele fez sua estreia pelo Tricolor no último sábado (20), na vitória por 3 a 1 diante do Santo André, no Morumbis, pelo Campeonato Paulista. Entrou no lugar de Lucas e atuou por somente nove minutos.

“Eu já estou bem na parte física, cada dia melhoro mais. A questão é o período que fiquei sem jogar, o ritmo de jogo. Isso vou adquirir de acordo com o tempo que o professor for me deixando jogar. Estou bem, saudável, contente, feliz, motivado. Está tudo se encaminhando. Respeitando as decisões e os jogadores que estão jogando”, comentou.

Luiz Gustavo jamais atuou no Brasileirão

O volante nunca disputou uma partida da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Acumula passagens pelo Corinthians-AL e CRB, mas se transferiu ainda muito novo ao Hoffenheim, da Alemanha, país que passou a maior parte de sua carreira, já que defende o Wolfsburg e o Bayern. Também já defendeu as cores do Olympique de Marselha-FRA e Fenerbahçe-TUR.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Para mim é um prazer voltar para o meu país depois de tanto tempo fora e poder jogar uma primeira divisão, foi isso também que me motivou. Não foi uma decisão fácil essa transição, de Europa, de voltar ao Brasil. Mas junto com a minha família, topamos esse desafio, que o São Paulo me possibilitou, abrindo as portas de um clube tão grande, fazer parte desse elenco vitorioso”, disse o volante.

Por fim, Luiz Gustavo disse que pretende dar seu máximo no Tricolor, melhorando também seus companheiros de clube em busca dos objetivos traçados. O SPFC disputará a Supercopa, Copa do Brasil, Libertadores, Brasileirão e Paulistão em 2024.

“Com toda essa minha experiência, sempre fui um jogador que gostou de potencializar meus companheiros. Sem dúvida, esse vai ser um dos meus principais pontos aqui, ajudá-los da melhor forma possível para que possam render ainda mais”, concluiu Luiz Gustavo.