Quase foi contratado pelo São Paulo e agora pode virar presidente do Porto

O futebol português, um dos mais tradicionais do continente europeu, está prester a ver uma história para lá de curiosa. Ex-técnico do Porto, André Villas-Boas, de 46 anos, anunciou sua candidatura para disputar a presidência do clube. Com passagens também por Chelsea e Tottenham, o profissional quase aterrizou no São Paulo em 2012.

Em entrevista para a Fox Sports em 2020, o próprio Villas-Boas revelou que chegou a conversar com dirigentes do Tricolor logo após ser demitido do Chelsea em março de 2012. Curioso para conhecer as novas joias do futebol brasileiro, o português afirmou que cogitou sim se aventurar no país sul-americano na época.

“Fiquei uma semana e meia no Brasil e recebo uma chamada do então vice-presidente do São Paulo. Marcamos de encontrar na casa do Adalberto (Baptista, então diretor do clube). Falamos muito e chegamos a um acordo total sobre as mudanças que eu queria implementar no São Paulo”, iniciou o agora ex-técnico.

Villas-Boas ainda concluiu: “Ia mudar a forma de comunicar, método de treino, infraestrutura, estruturas do clube. Para isso acontecer, eu precisava começar no início do estadual em janeiro de 2013. Esse sonho acabou por não se realizar”. Sem o português, o São Paulo acabaria campeão da Sul-Americana sob o comando de Ney Franco.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Passada mais de uma década do episódio, ele quer modernizar o clube que o alçou ao mais alto escalão do futebol mundial: “O Porto precisa de mudança. Tenho-me preparado nesse sentido, para ser um motor de transformação do Porto”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.