Qual a provável escalação do São Paulo contra o Flamengo pelo Brasileirão 2022?

0

O São Paulo vai encarar no próximo sábado (6), às 20h30, o embalado Flamengo no estádio do Morumbi. A partida é válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro e pode ter time misto de ambos os lados. O confronto irá ocorrer três dias antes do jogo de volta da Sul-Americana e o treinador Rogério Ceni deverá poupar vários atletas para o meio da semana.

A provável escalação que Ceni deverá mandar a campo, será: Felipe Alves; Rafinha, Miranda, Diego Costa e Welington (Reinaldo). Pablo Maia, Talles Costa (Rodrigo Nestor), Galoppo e Marcos Guilherme; Calleri e Nikão (Eder).

Em coletiva, o comandante, Rogério Ceni já havia dado sinais que rodaria o elenco para o confronto de sábado. Segundo Ceni, não dá para colocar os titulares contra o Flamengo, devido ao pequeno espaço de tempo de recuperação dos atletas.

“Não posso botar… Se eu botar daqui a 60 horas os mesmos jogadores para jogarem contra o Flamengo, o Atlético-GO fez isso, não fez? Ganhou do Corinthians, botou os mesmos 11, foi lá no Maracanã. Eu tenho que ter energia, porque para jogar contra o Flamengo, se você não tiver um mínimo de energia, você é engolido. É o que vamos tentar fazer para esse próximo jogo. Um ou outro atleta que começou o jogo dessa quarta pode começar, e tem muita gente boa do lado de fora querendo a sua oportunidade” concluiu o treinador.

A escalação terá sete mudanças do time que derrotou o Ceará na última quarta-feira. Os jogadores, Léo, Igor Vinicius, Igor Gomes, Rodrigo Nestor e Gabriel Neves deverão ser poupados, mas poderão entrar ao longo da partida. O atacante Luciano e o zagueiro Luizão estão fora da partida por suspensão, após levarem o terceiro amarelo contra o Athletico. 

Já o adversário do Tricolor, chega embalado após goleada na última rodada do campeonato, quando aplicou 4×1 sobre o Atlético-GO. Com o foco nas copas, Dorival Júnior também deve escalar um time misto contra o São Paulo. A provável escalação do Flamengo deverá ser: Santos; Matheuzinho, Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Diego Ribas, Arturo Vidal e Victor Hugo; Marinho, Everton Cebolinha e Lázaro.

- Publicidade -