Problemão de R$ 400 milhões explode no São Paulo e faz torcedores perderem cabelos

Mesmo sendo campeão inédito da Copa do Brasil em 2023 e da Supercopa Rei em 2024, o São Paulo se preocupa com o futuro. De acordo com um estudo da EY, publicado pelo Estadão, mesmo com a receita recorde de R$ 681 milhões, a dívida acabou aumentando em R$ 400 milhões nos últimos seis anos.

O Tricolor foi um dos líderes em valor arrecadado com vendas de atletas em 2022 mas não repetiu a mesma estratégia no ano passado, justamente pelo “retorno esportivo”, ou seja, títulos.  A principal venda do SPFC em 2023 foi o zagueiro Lucas Beraldo ao Paris Saint-Germain, da França, por R$ 101,6 milhões. Contudo, o clube paulista ficou com “apenas” R$ 63 milhões. 

Em comparação com os rivais do estado, o São Paulo também levou a pior nas receitas comerciais, ou seja, patrocínios, vendas de produtos e licenciamento. O Tricolor acabou com R$ 74 milhões, 5% a menos em relação ao ano anterior. O Corinthians acabou com R$ 137 mi) e o Palmeiras com R$ 165 mi.  Por outro lado, a presença da torcida no Morumbis foi um aspecto positivo. 

“Essa marca está diretamente atrelada à exploração do Morumbis. A presença da torcida no estádio, com médio de aproximadamente 45 mil torcedores, foi peça fundamental para o desempenho financeiro do clube. Ainda assim, é importante se atentar ao endividamento que segue crescendo e apresentou aumento de 14% em relação ao último ano”, disse José Ronaldo Rocha, sócio de consultoria da EY.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Aumento da dívida

O Tricolor acabou 2023 com a maior dívida de toda a história, batendo na casa dos  R$ 667 milhões, representando um aumento de 14% desde 2022 e de 96% em relação a 2014. No período de seis anos, o Tricolor contou com Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e Julio Casares na presidência. Confira a explosão da dívida: 

  • 2018: R$ 270 milhões
  • 2019: R$ 503 milhões
  • 2020: R$ 575 milhões
  • 2021: R$ 642 milhões
  • 2022: R$ 587 milhões
  • 2023: R$ 667 milhões