Presidente São Paulo pede pelo fim do gramado sintético no Brasil


Uma das maiores polêmicas nos últimos meses do futebol brasileiro tem sido a discussão sobre os gramados sintéticos no futebol. Se dependesse do presidente do São Paulo, Julio Casares, eles seriam proibidos, e o futebol brasileiro teria uma padronização de seus campos. 

“Chegou o momento dos clubes, CBF, federações, Conmebol… tem que ter grama natural. Isso não é showbol. Eu sei que para o negócio é difícil, mas você não tem [gramado sintético] na Holanda, na Itália, na Inglaterra. Temos que pensar também no atleta”, disse o mandatário, em entrevista ao Casão Pod Tudo, apresentado pelo ex-jogador Walter Casagrande.

Na temporada passada, o São Paulo sofreu jogando no Allianz Parque. Além de Rafinha, Giuliano Galoppo, Nahuel Ferraresi e Welington sofreram lesões graves no sintético do estádio. Por sinal, os dois primeiros ficaram de fora de toda a temporada, enquanto os três precisaram passar por procedimentos cirúrgicos. 

Hoje, somente três clubes da Série A do Campeonato Brasileiro mandam seus jogos em gramados sintéticos: Athletico-PR, Botafogo e Palmeiras. Contudo, a superfície do Allianz Parque é diferente quando comparada ao da Arena da Baixada, por exemplo. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Três jogadores nossos se lesionaram no Allianz: Galoppo, Welington e Ferraresi. Outra coisa: um tem uma grama diferente do outro. Que padrão é esse? Precisamos mudar. Mesmo querendo o Morumbi como plataforma de show, eu tenho que fazer do meu gramado o melhor gramado. Tem que ter técnica para isso, e o parceiro vai ter que se adaptar a isso”, completou o mandatário.

Palmeiras espera reforma no Allianz Parque

O recente clássico entre Palmeiras e Santos aumentou a discussão sobre o assunto; já que o gramado foi alvo de reclamações tanto da comissão técnica e jogadores do time da Vila Belmiro quanto do próprio Abel Ferreira. O Alviverde não manda partidas no local desde então, já que a WTorre deve fazer uma reforma. O time está utilizando a Arena Barueri por hora.