Presidente do Inter de Porto Alegre se manifesta sobre contratar Oscar e torcida tricolor lamenta

Com contrato se encerrando em novembro, o meia Oscar está de saída do Shanghai Port, da China. O atleta de 31 anos de idade desperta interesse de diversas equipes brasileiras, dos Estados Unidos e da Arábia Saudita, incluindo o próprio São Paulo, já que ele é uma cria da base de Cotia.

Outro sério candidato a garantir os serviços do jogador é o Internacional. Depois de sair do Tricolor, ele defendeu o Colorado por duas temporadas até ser vendido ao Chelsea, da Inglaterra. Se tornou um xodó da torcida e é lembrado até hoje.

A diretoria do Inter avalia realizar uma oferta oficial ao staff do jogador nos próximos meses. Há cerca de 10 dias, o próprio técnico Eduardo Coudet disse que quer contar com o atleta no ano que vem. 

Apesar de ter recuado pouco tempo depois, o próprio presidente Alexandre Barcellos confirmou o interesse em repatriar Oscar. Durante o evento do sorteio dos grupos da Copa Sul-Americana e Libertadores da América, o mandatário admitiu que está de olho no brasileiro;

“Passou pelo Inter e deixou saudades, deixou as portas abertas, um apreço muito grande. Sempre monitoramos este tipo de jogador pela proximidade com o clube e qualidade. Mas ainda é inicial. O contrato dele termina em novembro. Não sei se renovará. Tem tempo. É um jogador que buscamos saber a situação, o desejo. Se existir possibilidade, tentaremos contar com ele. Ainda não podemos tirar alguma conclusão”, disse o presidente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Oscar pode chegar de graça no SPFC

Oscar estaria livre para assinar um pré-contrato a partir do dia 31 de maio. Desta forma, ele chegaria a custo zero em qualquer clube, inclusive o Inter ou até mesmo o São Paulo. De acordo com o jornalista Alexandre Zanquetta, a diretoria vê com bons olhos a contratação do meia. Claro que para a transação ser realizada, o próprio Oscar deveria se adequar a realidade do futebol brasileiro. Ele recebe um dos maiores salários não só da China, mas também de todo o futebol.