Presidente de time rebaixado debocha de oferta do São Paulo

Passado o final da temporada, o São Paulo entrou de vez no mercado da bola. A diretoria pretende trazer reforços pontuais ao time comandado pelo técnico Dorival Júnior e aumentar o poder de fogo para a Libertadores da América de 2024. Um dos nomes mais discutidos foi o do meia Emmanuel Martínez, do América-MG. 

A negociação acabou não dando certo já que ambos os clubes não conseguiram chegar a um denominador comum. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (20), Marcos Salum, presidente do América-MG, disse que a oferta do Tricolor foi “pífia”, assim como a do Cruzeiro, que também demonstrou interesse no argentino.

“Em relação ao Martínez, surgiu uma proposta pífia do São Paulo e nós negamos. O Cruzeiro demonstrou interesse e veio com números pífios. Nós negamos. Se quiser comprar, que apresente uma proposta e eu vou responder”, disse.

Mesmo na Série B, América quer manter estrelas do time para 2024

O mandatário deixou claro que o atleta faz parte dos planos do time mineiro para a próxima temporada, a não ser que receba uma oferta vantajosa no âmbito financeiro.Especulados em outros clubes, Martín Benítez e Gonzalo Mastriani também estão no planejamento mineiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

” No meu planejamento de 2024, eles [Martínez, Mastriani e Benítez] estão no time e são importantes. Se eu for vender, precisa de reposição. Não dá pra vender um jogador, colocar o dinheiro no caixa e não ter uma reposição do nível dele”, comentou.

O América-MG terminou esta edição do Campeonato Brasileiro em último lugar na tabela de classificação, com somente 24 pontos conquistados. Agora, o clube inicia a caminhada para retornar à elite do futebol em 2025.