Piqué se manifesta sobre o São Paulo

Apesar de ter vivido uma década complicada (2010-2020), o São Paulo está retornando aos poucos ao protagonismo do futebol brasileiro e também da América do Sul. Apesar de ter ficado quase uma década sem conquistar títulos, o Tricolor jamais deixou de ser uma potencial do continente.

O clube recebeu o apelido de “Soberano” por conta dos títulos e conquistas expressivas. Não é à toa, já que o SPFC é tri campeão da Libertadores da América e do Mundial de Clubes, além de hexacampeão brasileiro. É um dos poucos clubes do país a nunca ter caído para a segunda divisão.

Seu reconhecimento não é só em âmbito nacional, uma vez que diversos torcedores de clubes europeus reconhecem e admiram o clube. É o caso de Gerard Piqué, ex-jogador do Barcelona e da seleção espanhola.

Em entrevista à jornalista Gabi Guimarães, do Band Esporte Clube, o ex-zagueiro campeão do mundo em 2010 foi perguntado sobre qual seria o maior clube do Brasil. Sem hesitar, ele respondeu: “São Paulo”.

Vale destacar que o Tricolor derrotou o Barcelona, clube do coração de Piqué, na final do Mundial de Clubes de 1992. Na ocasião, a equipe comandada por Telê Santana bateu os catalães por 2 a 1.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Piqué fala sobre sua relação com Neymar

Além de citar o São Paulo como maior clube do Brasil, o espanhol comentou sobre um dos maiores jogadores do país: Neymar Júnior. Ambos atuaram juntos no Barcelona e venceram todos os títulos que disputaram. 

Apesar de não atuarem mais juntos (até porque Piqué está aposentado), o ex-zagueiro disse que Neymar é um de seus melhores amigos, e provavelmente o convidaria para uma festa ao invés de Ronaldinho Gaúcho (opção dada pela jornalista). “Neymar, suponho, porque o conheço há muitos anos e é quase um irmão para mim”, disse.