Pato não entendia os treinamentos de Dorival no São Paulo

Dono de 49 gols anotados em 143 jogos pelo São Paulo, o atacante Alexandre Pato se tornou o décimo maior artilheiro do clube neste século. Mesmo com os bons números alcançados, sua terceira passagem pelo Morumbi decepcionou. Entre maio e dezembro do ano passado, Pato acumulou apenas 10 partidas com Dorival Jr.

Fora dos planos e sem ter seu contrato renovado, o experiente jogador enfim falou sobre o apagado período no Tricolor em entrevista ao Flow Sport Club nesta semana. Em um longo bate-papo com os apresentadores Davy Jones, Cross, Matheus Capanema e Caio Messias, Pato abriu o jogo sobre sua relação com o treinador.

Segundo o atacante, ele não entendia o que Dorival queria em relação aos treinos: “Ele comentava sobre a parte que eu tinha que ser mais presente no treino, mais contundente. Só que eu não entendi. O que eu tinha que fazer? Não tinha um argumento completo do que eu tinha que fazer. Eu não entendia como era”.

No fim, nem Pato e nem Dorival ficaram no São Paulo para 2024. Enquanto o treinador recebeu um convite para assumir a Seleção Brasileira, o atacante não renovou seu vínculo e atualmente está livre no mercado de transferências. Segundo o jornalista Jorge Nicola, Pato quer retomar a carreira somente no segundo semestre.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Relembre os maiores artilheiros do São Paulo no século

  1. Luis Fabiano – 212 gols marcados
  2. Rogério Ceni – 112 gols
  3. França – 69 gols
  4. Luciano – 68 gols
  5. Calleri – 65 gols
  6. Dagoberto – 61 gols
  7. Hernanes – 56 gols
  8. Borges – 54 gols
  9. Kaká – 51 gols
  10. Alexandre Pato – 49 gols

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.