Pato mal chegou ao São Paulo e coincidência com Pablo já assusta a torcida

Depois de longas semanas cercadas de especulações, o atacante Alexandre Pato, de 33 anos, foi oficialmente apresentado como novo reforço do São Paulo para a temporada. Livre no mercado e se recuperando de uma cirurgia no joelho, ele assinou contrato até o fim do ano e inicia a sua terceira passagem pelo clube.

O acordo, anunciado na última sexta-feira (26), foi bastante comemorado por parte da torcida, que tem em Pato uma espécie de xodó. Um detalhe em sua apresentação, no entanto, provocou certa preocupação nos torcedores. Escolhido pelo atacante nesta nova etapa, o número 12 não traz boas recordações para os são-paulinos.

Além de “herdar” a numeração do meia-atacante Pedrinho, dispensado após ser acusado de agressão física a sua ex-namorada, Pato também terá de superar uma espécie de “maldição” que se abateu dentro do São Paulo. Também vestindo a camisa 12, nomes como Dênis, Sidão e principalmente Pablo não renderam o esperado.

Maior contratação da história do São Paulo, o centroavante chegou para a temporada de 2019 como a grande aposta do clube após conquistar títulos pelo Athletico-PR. Pablo, porém, decepcionou em seu período no Morumbi e jamais foi unanimidade dentro da torcida. Tanto que, em janeiro de 2022, ele acertou o seu retorno ao Furacão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Pato está em lista histórica do São Paulo

Novo camisa 12 do São Paulo, o atacante Alexandre Pato faz parte de uma seleta lista: a de maiores artilheiros do clube neste século. Com 47 gols anotados, ele ocupa a 10ª posição no ranking e terá a chance de ultrapassar importantes nomes e ídolos da torcida como Kaká e Borges.

Nono colocado, o ex-meia encerrou sua vitoriosa carreira com 51 gols pelo clube. Já Borges, bicampeão brasileiro pelo São Paulo, tem 54. Pato ainda terá uma disputa dentro do atual elenco: Luciano e Calleri também aparecem na lista com 56 e 52 gols, respectivamente.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.