Parceiro português de Deyverson pode virar treinador do São Paulo

No último domingo (7), o São Paulo confirmou a saída de Dorival Júnior, que seguirá rumo à Seleção Brasileira. O anúncio oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está previsto para esta quarta-feira (10). Diante disso, o clube trabalha com diversos nomes para assumir o cargo.

Um dos profissionais que foram sugeridos do SPFC foi António Oliveira, atual comandante do Cuiabá. Apesar de agradar os dirigentes são-paulinos, o clube ainda não efetuou nenhuma proposta oficial. A informação foi divulgada pelo portal Goal.

Ainda de acordo com a fonte citada, a conversa estaria sendo conduzida por um intermediário brasileiro.  O diretor de futebol,  Carlos Belmonte, e o executivo Rui Costa são os nomes mais ativos nas negociações. Contudo, não há nada definido sobre a situação do novo treinador. 

António Oliveira possui contrato com o Cuiabá até o final de 2024, e de acordo com o Goal, a multa rescisória para tirá-lo do clube do Mato Grosso é de R$ 5 milhões, pouco acima do que o recebido pela saída de Dorival, que representou cerca de R$ 4,5 milhões. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O português trabalha no Brasil desde 2020, quando esteve à frente do time sub-23 do Santos e auxiliar da equipe principal. Também acumula passagens por Athletico-PR e Coritiba, além do Cuiabá. 

Sob seu comando, o Cuiabá terminou o Campeonato Brasileiro em 12° lugar, atrás justamente do São Paulo. Somou 51 pontos, acumulando 14 vitórias, nove empates e 15 derrotas em 38 duelos. Marcou 40 gols e sofreu 39. O principal destaque da equipe foi o atacante Deyverson, ex-Palmeiras.