Palmeiras sai da casinha e se diz perseguido pela arbitragem

Sonhando com o pentacampeonato da Copa do Brasil, o Palmeiras foi até a Arena Castelão e, mesmo com a derrota pro 1 a 0 para o Fortaleza, voltou do Ceará com uma vaga para as quartas de final do torneio. Com 3 a 1 no placar agregado, o clube se mostrou absolutamente descontente com mais uma expulsão do técnico Abel Ferreira.

Tanto que, na tarde desta quinta-feira (01), o Palmeiras veio à público contestar a justificativa dada pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio na súmula da partida. No documento, Sávio afirma que Abel protestou contra decisões da arbitragem “de forma grosseira e ofensiva com gestos ao arremessar um copo de agua no chão”.

O árbitro ainda garantiu que o português proferiu uma série de xingamento ao longo da partida, o que provocou a sua expulsão já na segunda etapa. Esta é a oitava vez que Abel Ferreira é expulso desde que chegou ao futebol brasileiro em outubro de 2020.

Em nota, o Palmeiras contesta a versão apresentada por Sávio como motivo para a apresentação do cartão vermelho: “A explicação contida na súmula para a expulsão do nosso técnico, ontem, contra o Fortaleza, falta com a verdade e será contestada pelo clube nas esferas competentes”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Técnico do Palmeiras respondeu com ironia

Perguntado por jornalistas presentes na Arena Castelão sobre a sua expulsão, Abel Ferreira preferiu acionar a ironia e afirmou que a suspensão será um descanso importante para ele na atual temporada. Sem analisar se deveria ou não ser expulso, o português ainda aproveitou para mandar um “recado” para a diretoria do Palmeiras.

“Há o lado positivo do cartão, descansar, comandar o jogo do sofá, bebendo minha água com gás tranquilo, um fone no ouvido, desfrutando da minha equipe com o orgulho que tenho. Se o clube quiser renovar o meu contrato com essas condições, passo a comandar a equipe de casa”, brincou Abel.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.